Projeto Poliglota

O Projeto Poliglota é uma página aqui dentro do blog Paola de Balzac onde vou dividir com vocês as minhas experiências estudando novos idiomas ou aperfeiçoando aqueles que já conheço.

Atenção: aqui não estarei ensinando a falar idiomas, mas ensinando como é que estudo esses idiomas, como é a minha rotina de estudos, etc.

Para acompanhar a rotina de estudos de cada idioma, basta seguir uma das categorias abaixo:

Se quiser acompanhar os artigos, dicas e rotinas de estudos de todos os idiomas, basta acompanhar a categoria Como aprender idiomas em casa.

Espero que você já tenha conhecimento sobre o fato de eu ser uma pessoa “Multipotencial”. Enquanto multipotencial, pode ser que a minha forma de estudar, ou mesmo os meus objetivos com cada estudo, possam ser diferentes do que seria o padrão em outras pessoas.

Por exemplo: para as pessoas que não se identificam como multipotenciais, talvez elas façam apenas o curso de um único idioma, até se tornarem totalmente fluentes nele.

Enquanto multipotencial, já penso o contrário. Para começar porque, nessa coisa de dominar uma língua, a gente não domina totalmente nem a nossa, que nascemos falando, quem dirá então outra, de outro país, outros costumes, e onde nem estamos morando? Pensa comigo: eu nasci e aprendi português, falo português a vida toda com as pessoas, leio livros – inclusive os clássicos, que possuem uma escrita mais rica – em português, ouço músicas de todos os gêneros em português, mas posso dizer que sei tudo? Claro que não. Em cada região do Brasil, há palavras que não conheço. Morei em Portugal e conheci muitas outras. Se eu abrir o dicionário agora, numa página qualquer, não posso te garantir que saberei o significado de todas.

Para mim, portanto, vale muito mais a filosofia da aprendizagem constante, tal como é com o português.

Claro que é muito mais útil uma pessoa se dedicar mais ao inglês, que é uma das línguas mais faladas, o que te abrirá também um leque de possibilidades para aprender outras coisas cujo conteúdo só encontramos nesse idioma, mas, ficar focada apenas no inglês, para mim, seria perder a oportunidade de também conhecer outros idiomas e outras culturas.

Aprender vários idiomas ao mesmo tempo não vai confundir a minha cabeça? A gente não usa nem 10% da nossa capacidade cerebral, não vamos entrar nessa de nos limitar, podemos sempre mais.

Claro que, se você quer se aperfeiçoar num único idioma porque precisa para o trabalho, ou porque pretende viajar para um determinado país, aconselho que sim, foque nele. Mas não é exatamente o meu caso.

Se você quer focar num idioma, aconselho que leia as dicas que dou de vários cursos, porque eles terão uma sequência e você terá um acompanhamento.

O Projeto Poliglota será, como disse acima, apenas um projeto onde eu vou mostrando como estudo e aquilo que vou pesquisando, mas não estarei ensinando o idioma, até porque, nesse processo de aprendizagem, errar faz parte, e eu vou errar muito. Mas servirá como incentivo a quem quer aprender idiomas, a quem quer ter motivação para estudar ou, até mesmo, para quem quer descobrir novas formas de estudar.

Sugestão do Google pra você :