Massagem e Depilação: flexibilidade de horários

flexibilidade de horários massagem depilação jf

O que alguns pensam, a princípio, é que o meu horário de atendimento é o habitual, ou seja, horário laboral de 8h às 17h. Mas não. Meu horário é bem alargado, faço massagens e depilação das 8h às 21h de segunda a segunda.

Meu horário é alargado justamente porque, para algumas pessoas, não é possível marcar um atendimento no horário laboral, quando estão trabalhando.

Massagem e depilação: marcações com antecedência

Mas apesar do horário alargado, as marcações são feitas preferencialmente com um a dois dias de antecedência. Por que? Primeiro para você conseguir os melhores horários, afinal horário de almoço e horários no período pós-laboral são os mais concorridos. Segundo porque eu me organizo assim, com antecedência, logo só fico na sala de massagens nos horários com marcações agendadas. Sou bicho de rua: quando tenho um intervalo ou uma hora livre, realizo aquelas atividades que também só tenho como fazer em horário laboral, como ir ao supermercado, comprar cera depilatória, pagar contas. etc.

Se a massagem é justamente para combater o stress

Assim sendo, se me perguntar “Você tem um horário pra hoje?” muito possivelmente a resposta será “não”, ou porque já tenho este horário reservado com antecedência ou porque já programei realizar outras tarefas nessa mesma hora. 
Não quero dizer que seja impossível marcar um horário no mesmo dia, por vezes até é, mas prefiro “educar” – se é que posso dizer assim – meus clientes a marcarem com antecedência, por vários motivos, primeiro porque assim me organizo melhor e consigo ter produtividade no meu dia, além do que, para fazer uma massagem, é preciso toda uma preparação, toda uma energização, se você me afobar querendo massagem pra “daqui a pouquinho” eu não vou ter tempo de me preparar e o que é que vai acontecer?, eu vou passar todo esse stress também para você durante a massagem, ou seja, você veio para relaxar, mas passou o seu stress para a sua massagista e a sua massagista devolve o stress para você, quer dizer, não vai adiantar nada, você pode até relaxar durante a massagem, mas este efeito não será prolongado, e muito pior, serão dois stressados, você e a sua massagista, rs. 
Depilação também não dá para marcar para “daqui a pouco”. Pra começar porque a cera precisa esquentar, e isso leva tempo. De acordo com a zona a ser depilada, e consoante o tipo de pessoa que vou atender, vou ter que derreter um tipo de cera diferente, não é a mesma cera, nem também é o mesmo tipo de cera para todo mundo. 
Lembre-se: você marca uma depilação ou uma massagem para cuidar de você. Por isso, priorize-se. ORganize a sua agenda e reserve um horário todo seu. E seja feliz.
Depilação e massagens: Marcações diretamente pelo whatsapp 32988465378.
Sugestão do Google pra você :

Massagem: suavidade para quem tem vida agitada

Assim como muita gente, tenho uma vida que é muita correria, até porque tento sempre ter dias muito produtivos focados nas minhas prioridades.
Sou massagista mas também sou usuária frequente de massagens, porque a massagem me ajuda a trazer esse equilíbrio e serenidade.
Sabe quando os ponteiros do relógio parecem girar com velocidade? Quando você tenta ter tempo para tudo, mas não dá?
É nessa hora que eu sei, tenho certeza: preciso de uma massagem. Porque quando o tempo sai do nosso controle, é mais quando precisamos de parar. Sim, parar o tempo, parar o tempo por alguns instantes, sair da rotina, deixar o pensamento flutuar.
Parece não fazer sentido, afinal você não tem tempo nem para o essencial, para o urgente, para o imediato, vai ter tempo para parar e fazer uma massagem? Sim, sim, mil vezes sim, porque é quando você menos tem tempo que mais precisa de tempo, e quando você precisa de tempo é porque precisa de mais produtividade na sua vida, e para ter isto você precisa estar bem, com o corpo e a mente relaxados, e a massagem que te dará isso.
Sugestão do Google pra você :

Como melhorar a sua vida sexual com a depilação

Calmaaa, eu sei que a foto é ousada – como a maior parte das campanhas da Calvin Klein -, mas logo perceberão que ela faz todo o sentido para ilustrar esse post (e não, eu não acho ele gato, não é o tipo que me atrai, mas a depilação dele sim, estava perfeita, e cá entre nós, essa foto não teria tanto impacto se ele tivesse pêlos).
Talvez você nunca tenha pensado nisso… mas até a sua vida sexual você pode melhorar com a depilação.
Mas espera aí, deixa eu voltar a falar da marca Calvin Klein primeiro. Apesar de poderem ser consideradas apelativas por causa do alto teor de erotismo e sensualidade das campanhas, há um outro detalhe muito relevante para falar: que mulheres sempre apareceram passando uma imagem de sensualidade, todo mundo já sabe – não só sabe, como muitas vezes espera ou mesmo exige, este é o nosso mundo! -, mas, um homem aparecer assim, na década de 90, era algo novo e até mesmo chocante.

Não podemos negar: o Calvin Klein – que apenas por acaso faz aniversário junto comigo no dia 19 de novembro – foi praticamente um revolucionário. Sempre pesou sobre os ombros das mulheres uma quase – ou total? – obrigatoriedade de que ela seja bonita, de que ela seja sensual, como se ela tivesse que ser bonita e sensual para os homens, para o mundo lá fora e seus questionáveis padrões, e nunca para ela mesma, ela como um todo, ela com sua própria identidade, seus próprios gostos e preferências, sua própria essência. Já o homem, podia estar todo esculhambado, que, o que importa?, a obrigação da beleza e da sensualidade eram só da mulher. Então, apesar de retratar o corpo como um objeto sexual – ou não é isso que enxergam nessa foto? -, o fato é que, estar ali um homem, pelo menos colocou tudo meio que em pé de igualdade, ou uma relativa igualdade, pelo menos. E a grande novidade dessa campanha, e que virou tendência logo a seguir, foi justamente o corpo masculino completamente depilado. A partir daí, virou moda.

Sim, mulher pode depilar e homem pode depilar também. Mulher pode ficar mais bonita depilada, homem pode ficar mais bonito depilado também, e homem não deixa de ser homem, de ser másculo ou de ser viril só porque se depila.

Como a depilação pode melhorar a sua vida sexual

Voltemos ao tema de como a depilação pode melhorar a sua vida sexual. Para começar, uma pessoa depilada ganha mais auto-estima, e se você está bem com você, certamente vai ficar bem com o outro.
Segundo ponto, odor. Pêlos produzem odores. Talvez você não sinta, talvez nunca alguém tenha tido a indelicadeza de te dizer, mas pêlos produzem odores, maus odores. Durante o ato sexual há toda aquela efervescência de hormônios, contato físico, suor, e com pêlos, mais odores. Por mais contorcionista que você possa ser, não terá como sentir o próprio odor como quem está em contato sexual contigo. Sem contar, claro, a tranquilidade, que torna o ato sexual melhor. Porque, se você se sentir seguro(a) de que não estará produzindo odores desagradáveis, mais confortável estará no ato sexual.
Terceiro ponto, textura. De nada adianta ter um corpinho danone esculpido na academia de ginástica e ficar lindo no retrato, se este corpo não é bom de sentir. Pele tem que ser boa de cheirar e ser boa de tocar. Quem faz depilação com cera fica com a pele mais lisinha e mais agradável ao toque.

Por que a depilação com lâmina pode prejudicar a sua vida sexual:

Eu sei, você vai falar: mas eu me depilo com a lâmina! Vários pontos:
– Primeiro, quando você se depila com a lâmina, você raspa o pêlo, mas a pele também, ou seja, você danifica a sua pele, deixa ela mais áspera, e isso não é agradável. 
– Segundo, quando você tira o pêlo com a lâmina, está tirando só o que está à superfície, mas a raiz mesmo, com o pêlo velho, continua lá dentro, podendo produzir esses maus odores. 
– Terceiro: quando você depila com a lâmina, já no dia seguinte – e por vezes até no mesmo dia – esse pêlo já começa a crescer. Ao contrário do que acontece com a depilação com cera – em que o pêlo vai demorar semanas, por vezes um mês ou até mais dependendo de pessoa para pessoa para crescer, e por tendência crescer mais fino – , o pêlo depilado com a lâmina costuma nascer mais grosso e, em alguns casos, ter contato sexual com quem se depila com lâmina é o mesmo que fazer sexo com um porco-espinho.
– Quarto: com a lâmina você pode acabar se cortando, e alguns cortes, principalmente nas áreas íntimas, podem causar ardência, irritação, coceira, dor, e nada disso funciona bem durante o ato sexual.
Fica a dica: quer ter uma melhor vida sexual, depile-se com cera!

A depilação masculina e o sexo

Estava lendo uma pesquisa um dia desses que revela que 67% dos homens depilam as partes íntimas para agradar as parceiras. E apesar de ainda vivermos num mundo extremamente machista, isso é fato: ao agradar sua parceira, o benefício também será seu.
Muitas vezes lemos ou ouvimos relatos de homens se queixando da frigidez feminina, ou que eles possuem mais apetite sexual do que elas. Não descartando essa possibilidade, nem menosprezando um problema que muitas vezes é real e grave e que deve ser tratado sim, com ajuda médica e psicológica – não só para a mulher, para o casal! – mas pensa: será que talvez, em alguns casos, a falta de disposição ou de desejo sexual, por parte de um dos componentes deste casal, não seja o fato de algo que precisa melhorar ali? Será que, em alguns casos, não é simplesmente mais cômodo apontar um problema no outro, como se o problema só estivesse no outro, do que olhar para si próprio, ou mesmo fazer um esforço para melhorar?
Não estou dizendo que a maioria dos problemas dos casais esteja relacionada com problemas meramente físicos, como se só bastasse fazer a depilação para tudo melhorar – até porque na maior parte dos casos não é; na maior parte dos casos o problema é a falta de cumplicidade, falta de lealdade, falta de diálogo. Os “problemas físicos”, se é que podemos chamar assim, são apenas detalhes, questões que podem ser facilmente resolvidas quando as questões da cumplicidade, da lealdade e do diálogo são resolvidas primeiro.
Mas é preciso lembrar que, se o sexo é feito entre duas pessoas, por que só uma se dedica? Se uma mulher se perfuma, se cuida, se depila, por que o homem não pode também se perfumar, se cuidar, se depilar, oferecendo o seu corpo de forma mais agradável para a sua parceira usufrui-lo? Não é um subserviente ao outro, há uma troca, e essa troca deve ser igual.

Depilação íntima: questão de higiene e de saúde

Os pêlos servem para esconder a pele. Você pode estar com alguma marca e nunca ver por causa da presença dos pêlos cobrindo a sua pele.

As DST’s – doenças sexualmente transmissíveis – por exemplo, apesar de a maioria ter cura, são um grande problema que pode durar um bom tempo. Boa parte das DST’s são identificadas através de sinais nos órgãos sexuais, mas, se você tem pêlos, possivelmente nem veja logo.

Assim sendo, depilar a parte íntima é uma forma de poder sempre se observar e saber como anda o seu corpo.

Sugestão do Google pra você :

Meu paraíso secreto

Hoje cedo levei minha tia para conhecer o açude onde é meu paraíso secreto. Vou lá muitas vezes, e fico lá sozinha, meditando, orando, entrando em contato com o Universo.
Mas só vou lá justamente porque é um local onde consigo ficar sozinha, absolutamente sozinha. Se tiver vontade de gritar, eu grito, se tiver vontade de ficar quietinha eu tenho todo o silêncio à minha disposição.
Sabe uma pessoa que tem uma necessidade absurda e absoluta de se energizar? Sou eu. Sou uma pessoa muito suscetível a todos os tipos de energia, funciono como uma esponja, e sem querer absorvo algumas energias que não são muito benéficas. Apesar de passar muito tempo sozinha, não sou o tipo que passa desapercebida, ou que consegue fazer algo sem que um monte de gente observe. Por vezes toda essa atenção é boa, mas em alguns casos, mesmo sem querer, algumas pessoas emitem energias muito negativas sobre mim. Sabe quando você sente que algumas pessoas te sugam? Sinto isso frequentemente, a sensação de que, se eu não tomo cuidado, sou sugada pelas pessoas e pela energia delas. Então tenho essa necessidade de estar em contato com a Natureza para me renovar, para limpar toda carga de energias ruins, e trazer de volta todo o tipo de energia pura e boa que a Natureza pode dar. Saio de lá pronta para encarar o mundo.
Fujo de lá no Verão, que é quando muita gente aparece. Não gosto de aglomerações. Se tiver um lugar onde todo mundo vai e onde todo mundo está, é possivelmente onde não quero ir.
Minha avó costuma me dizer que não é bom negócio uma pessoa me seguir, porque ando muito. Ando mesmo. Acho que uma das maiores vantagens de morar aqui em Minas é justamente ter muito lugar por onde andar.
Por vezes faço umas corridinhas, mas em alguns casos prefiro caminhar, justamente para poder ir observando com cuidado tudo o que está à minha volta. Uma flor, um pássaro no céu, tudo fica muito mais bonito quando observamos com calma.
Tive receio de levar a minha tia nessa “expedição rural”, rs. Porque ela tem fama de tropeçar até em agulha, e o caminho para o açude tem alguns obstáculos que poderiam ser difíceis para ela. Mas ela é forte, só é desastrada, rsrsrs, mas é forte, e conseguiu ir e voltar sem muitos acidentes, rsrs (na verdade só bateu com um dedo num galho e na volta, já no asfalto, chutou sem querer um tijolinho).
Ficamos lá um tempo e tirei dezenas de fotografias dela. Mas só na volta contamos para a minha avó que estivemos no açude, porque, se contássemos antes, ela ia ficar preocupada achando que minha tia poderia se acidentar gravemente, rsrsrs. 
O bom é que minha tia não desanima diante dos obstáculos. Ela tem artrose e um monte de problemas de saúde também, mas o lema dela é mais ou menos assim: “Se estiver com dor, vai com dor mesmo.”
Sugestão do Google pra você :

Mas se me perguntas se eu te amo

compositores

“Mas se me perguntas se eu te amoDigo que ‘talvez’ ou ‘só de vez em quando'”

(Trecho de uma música que acabei de compor hoje).

Sim, compor é uma grande maravilha, mas, muitas vezes, uma grande dor também.
Porque na poesia, ao escrever uma letra, a gente tem que buscar uma verdade lá de dentro.
E aí são horas e mais horas, por vezes dias – neste caso dois dias, mas algumas levam meses – remexendo na mesma letra, remoendo, retorcendo, redescobrindo emoções.
Por que escrever, se escrever pode trazer também tanta dor? Não é uma escolha. É uma necessidade. É preciso colocar para fora. É preciso libertar.
Depois de escrever essa letra, caí no choro. E não era aquele chorinho de nada, era aquele choro de salgar a cara toda e entupir o nariz. Olhos inchados, rosto todo vermelho de chorar, a paisagem não era a mais bela. O processo criativo é lindo, é saboroso, mas às vezes dói. Mas era preciso. Era preciso libertar. A partir do momento que escrevo, é como se transportasse as emoções para o papel. A partir do momento que transportei as emoções, já não tenho mais a obrigação de carregar o peso delas. Porque emoção demais pesa, pesa muito, e eu sou toda sentimento.
Sugestão do Google pra você :

Show da Adriana Calcanhotto em Juiz de Fora

Cine Theatro Central Adriana Calcanhotto
Foi ontem o belíssimo show da Adriana Calcanhotto – A mulher do Pau Brasil no Cine Theatro Central em Juiz de Fora.
Segunda vez que fui no show dela, o primeiro foi em Lisboa, há muitos anos atrás, já nem me lembro quando, só lembro que ainda não morava em Lisboa naquela época e que tive que viajar 150km para ir ao show.
Agora, tantos anos depois, morando no Brasil, Juiz de Fora foi bem mais perto. 
adriana calcanhotto cine theatro central
Tirei fotos lindas. Depois publico.

Sugestão do Google pra você :