Vídeo: Curso de Massagem Tântrica

curso de massagem tântrica
Para assistir ao vídeo: https://youtu.be/doeLuAhztTY

SOBRE O VÍDEO:

Aí está uma pergunta que respondo todos os dias, pelo simples fato de ser massoterapeuta:

– Você trabalha com massagem tântrica?

A resposta é NÃO, não assim mesmo, com letras garrafais, não trabalho com isso, apesar de não ter nada contra quem trabalhe.

Eu não trabalho porque é uma opção minha não trabalhar, um direito meu, uma liberdade minha. E também porque não sou obrigada.

O que não quer dizer que eu não veja uma grande utilidade na massagem tântrica…

Só que a massagem tântrica é muito voltada para a intimidade, e EU – eu também assim, em letras garrafais – defendo que a intimidade é algo que deve ser vivenciado entre pessoas íntimas. Se você não pensa isso, não quero te convencer do contrário, até porque a vida sua e você vive a sua vida do jeito que bem entender, estou falando de mim, da minha postura, das minhas escolhas e da minha liberdade. Sim, liberdade é também dizer NÃO. Muita gente pensa o contrário, pensa que liberdade é você fazer tudo, é não ter limites, eu acho que liberdade é também você não fazer o que não quer, não se submeter apenas ao que o outro deseja. Eu vejo a intimidade como algo de mão dupla, e não como algo unilateral. Se for só para satisfazer ao outro, isso continua sendo algo unilateral. Claro que, talvez quando era mais jovem, talvez não tivesse toda essa noção que tenho hoje do conceito de liberdade, mas hoje tenho, e hoje me considero livre, justamente por saber o que quero e também o que não quero para a minha vida.

O que eu faço sendo uma mulher extremamente tântrica? Uso na minha vida pessoal, com amor e com afeto, se for conveniente, se for de livre vontade de ambos, e apenas isso. Por que estudar a filosofia tântrica há tantos anos, se não utilizo esses meus conhecimentos na prática no âmbito profissional, se não faço disso uma forma de ganhar (muito) dinheiro?  Porque você pode gostar de cozinhar, nem por isso precisa comprar um restaurante ou gostar de cozinhar para fora. Talvez, o que você pretenda seja apenas cozinhar para a sua família. E isso é uma liberdade tua, ninguém pode te obrigar a nada (se bem que, quando se trata desse assunto, o que mais vejo é gente querendo estabelecer regras para a vida alheia, como se cada um não tivesse o direito da sua liberdade individual).

O tantra é maravilhoso, isto é, o tantra original, não aqueles excertos que são transformados em algo comercial, qual uma pílula mágica e instantânea, e geralmente unilateral. O tantra é muito mais amplo. Ele entende a sexualidade como fonte de autoconhecimento. Ele entende o autoconhecimento como uma forma de você conhecer a si mesmo e também ao outro.

Na maioria das vezes, as pessoas buscam o tantra como solução mágica para as suas disfunções sexuais. O tantra não é a solução, o tantra é o caminho para esta solução. É toda uma terapia para chegar até lá e envolve muito mais do que meramente a parte sexual.

Acho interessante uma pessoa procurar um terapeuta tântrico – um terapeuta sério, que se dedica a isso com todo o respeito, e não certas pessoas que infelizmente há no mercado, que por causa das suas dificuldades na conquista na vida pessoal, se dedicam ao tantra apenas como forma de obterem algum prazer para elas próprias, qual como se utilizassem o tantra como uma forma de praticarem os seus fetiches -, mas, mais importante que isso, acho válido fazer um curso de massagem e terapia tântrica, porque ao ir num terapeuta você resolve uma questão sua, ao fazer o curso você compreende também ao outro e a como propiciar ao outro os benefícios do tantra.

Mas adianto: o tantra não é para qualquer pessoa. Algumas, até acho, vão considerar o tantra uma coisa muito chata, justamente porque é algo muito amplo, e não a tal pilulazinha mágica que resolve tudo instantaneamente.

O curso que indico abaixo é o único que, no momento, considero verdadeiramente sério. Porque é o que está mais de acordo com o que aprendi ao longo dos anos de pesquisa.

O instrutor, se é que assim posso chamá-lo deste curso foi pioneiro ao trazer este conteúdo para o Brasil, e tem vários livros publicados sobre esta temática.

Para fazer o curso, basta seguir este link: https://bit.ly/2T1ui5L

MAIS SOBRE MIM:

BLOG: http://www.paoladebalzac.com.br
INSTAGRAM: http://www.instagram.com/paoladebalzacoficial

Sugestão do Google pra você :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *